Fausto J. Pinto em entrevista à RTP sobre o recomeço de cirurgias

in FMUL

Na qualidade de Diretor do Serviço de Cardiologia, o Diretor da FMUL, Fausto J. Pinto falou à RTP sobre a pretensão do Hospital Santa Maria em retomar cirurgias e consultas presenciais, que foram suspensas devido à Covid-19.

Perante uma sala de espera no serviço de Urgências quase vazia, Fausto J. Pinto sublinha que “as doenças não desapareceram, o que desapareceram foram as pessoas que, com esse tal receio, deixaram de vir à Urgência”, afirmou, indicando que uma das maiores preocupações é evitar a progressão de doenças do coração por uma sensação de insegurança generalizada. “Há uma diminuição significativa no número de chamadas para ativar sistemas de emergência, nomeadamente de doenças cardiovasculares”, revelou, adiantando ter-se verificado uma redução de situações de enfartes do miocárdio “na ordem dos 50%”.

Em tempo de pandemia, as condições de segurança estão devidamente salvaguardadas e todos os doentes agora admitidos no Hospital de Santa Maria fazem análise ao novo coronavírus e cada utente recebe uma máscara à entrada do hospital.

Os procedimentos cardíacos não urgentes deverão recomeçar dentro de dias e até ao final do mês prevê-se a realização de 200 cirurgias.

Comentários recentes