Faculdades de Medicina recusam aumento de vagas. “Aumento de alunos ia degradar qualidade do ensino”