Vacinação pela Vida e para a História

in FMUL Naquele que foi um dia histórico para o mundo, em que teve início a campanha de vacinação contra a Covid-19 em vários países europeus, o Diretor da Faculdade de Medicina, Fausto J. Pinto, deu o exemplo, destacando um momento que considera determinante para a Medicina e para a Ciência.

“Uma pequena injeção, um grande momento para a Medicina e para a Ciência”, declarou o Professor Fausto J. Pinto nas redes sociais, numa mensagem que assinalou o momento em que foi vacinado contra a Covid-19 no Hospital de Santa Maria.

Na mesma ocasião, o Professor apelou ao esforço conjunto para, numa altura crítica como a atual, “superarmos esta terrível pandemia”.

No primeiro dia de vacinação contra a Covid-19 em Portugal, que ocorreu a 27 de dezembro de 2020 – menos de um ano depois do primeiro caso registado no país – foram vacinadas 4.534 pessoas.

Da lista de pessoas prioritárias no Plano Nacional de Vacinação constaram os profissionais de saúde dos centros hospitalares universitários do Porto, São João, Coimbra, Lisboa Norte e Lisboa Central.

A vacinação teve início um dia depois da chegada do primeiro lote de vacinas da Pfizer-BioNTech a Portugal, num total de 9.750 doses. Entretanto, chegará a território nacional o reforço de cerca de 70 mil doses desta vacina.

próxima vacina a chegar a Portugal para controlar a pandemia é a da Moderna, que começou a ser administrada nos Estados Unidos, ainda antes do Natal, de acordo com a imprensa.

Não obstante a expectativa positiva gerada com o vislumbre da “luz ao fundo do túnel”, é imperativo reforçar, principalmente no momento atual, que a máscara e o distanciamento físico continuam a ser os principais aliados numa luta que, apesar de estar cada vez mais perto do fim, ainda não terminou.

Comentários recentes