Lição de Jubilação do Professor Doutor Carlos Calhaz Jorge

in FMUL,

Decorreu, hoje, na Aula Magna da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL), a lição de jubilação do Professor Doutor Carlos Calhaz Jorge, subordinada ao tema: “Medicina de Reprodução: a minha vivência”.
O Professor chegou ao auditório bastante sorridente, contagiando de imediato com a sua energia positiva, toda a equipa que ultimava os pormenores para o evento.

Homem a discursar

“A minha vocação sempre foi eminentemente clínica, com pessoas e para as pessoas”, afirmou o Professor durante a sua aula de jubilação”. Professor durante 25 anos e com 50 enquanto clínico, Calhaz Jorge dedicou-se à procriação medicamente assistida, assim como à endometriose, área na qual se doutorou.

Abordou a sua experiência na área da reprodução falando ainda de conceitos mais históricos e recordando os seus três grandes mestres de vida. Um deles, o Professor Luís Sobrinho que o faria entender bem que, “a abordagem psicológica foi (para mim) avassaladora para (eu) poder interpretar a pessoa no seu todo, sobre o que ela nos diz, ou quando não nos diz quase nada”.

Terminou a sua aula afirmando que, “foi o testemunho de um privilegiado, pelos laços profissionais criados e pelos tantos bebés que trouxe ao mundo”.

Homem a discursar
várias pessoas sentadas

Fausto Pinto, Diretor da FMUL, definiu o Professor Calhaz Jorge através da metáfora do Semmelweis reflex, a tendência para rejeitar nova evidência ou novos conhecimentos, por contradizerem normas estabelecidas, crenças ou paradigmas. Assumindo sempre a oposição ao conhecimento já enraizado, desenvolveu a sua atividade científica e a sua prática médica, nomeadamente no que à Medicina da Reprodução diz respeito. “Levou-nos ao avanço e sempre tudo fez novo, basta ver o que investiu na reprodução”, elogiou o Diretor.

Nesta cerimónia estiveram presentes na mesa principal o Professor Doutor Luís Castro, Vice-Reitor da Universidade de Lisboa, a Professora Doutora Maria Carmo Fonseca, Presidente do Conselho de escola FMUL, o Doutor Daniel Ferro, Presidente do Conselho de Administração do CHULN, EPE e o Professor Doutor Joaquim Ferreira, Presidente do Conselho Pedagógico da FMUL.

No final, foi entregue ao Professor Carlos Calhaz Jorge o medalhão jubilar.

Três homens de fato de pé. Um deles recebe medalhão jubilar

Os desenvolvimentos desta lição de jubilação na próxima newsletter de janeiro da FMUL.

Comentários recentes