Hoje a Medicina Portuguesa ficou mais pobre….

20 de Novembro de 2021

Hoje a Medicina Portuguesa ficou mais pobre, orfã de um dos seus Grandes, o Professor Carlos Ribeiro. É com profundo pesar que partilho esta triste notícia. Desaparece um dos grandes vultos da Medicina Portuguesa, que marcou a mesma durante décadas, com a sua personalidade vincada, que a ninguém deixava indiferente. Recordo aqui alguns momentos durante a celebração dos 50 anos da “sua” UTIC. Estes são momentos em que, por um lado, queremos celebrar com júbilo tudo o que foi conseguido por alguém que fez da sua vida uma batalha pela afirmação da Medicina e do Médico na sua faceta mais nobre, sempre ao serviço da comunidade, que serviu como ninguém, ao mesmo tempo que nos entristece o seu desaparecimento.

Mas não há melhor tributo à sua figura do que garantir a continuidade da sua obra e do seu pensamento e continuar a lutar por uma Medicina humanista, ética, imbuida de todos os valores hipocráticos, ao serviço do próximo. Meu caro Professor, muito obrigado por tudo o que fez pelos seus doentes, pelos seus alunos, pelos seus colegas, enfim, pela Vida Humana, que tanto ajudou a celebrar. Em meu nome pessoal e em nome da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, de quem foi um distinto Professor, apresento os mais profundos pêsames à sua familia e entes queridos. Hoje, a Medicina e a Academia médica ficaram mais pobres. Até sempre Professor Carlos Ribeiro!!!